Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

Índices nacionais de pessoas com varizes

Data: 23 de novembro de 2018 | Autor: Dr Charles Esteves

Segundo a SBACV, Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, índices nacionais mostram uma prevalência média de varizes em 38% na população geral brasileira, sendo encontrada em 30% dos homens e 45% das mulheres, levando em consideração todas as faixas etárias.

Maiores fatores de risco segundo os índices nacionais:

Quanto mais idoso maior a prevalência sendo que 70% das pessoas acima dos 70 anos podem ter varizes. Os maiores fatores de risco são predisposição familiar, sexo feminino (proporção de até 2,3 para 1 homem), idade (quanto mais idoso maior a prevalência), obesidade, número de gestações.

Enquanto isso, as varizes que na maioria dos casos afetam as pernas, são apenas uma parte, uma etapa de uma doença muito mais complexa. Intitulada Insuficiência Venosa Crônica. Estudos ainda apontam que cerca de 20 a 33% das mulheres e de 10 a 20% dos homens vão apresentar algum grau da doença ao longo de sua vida.

Por ser uma doença crônica e evolutiva, cerca de 3 a 11% das pessoas com varizes podem chegar a estágios mais avançados da doença. Onde ocorrem alterações irreversíveis na pele da região afetada.

Essas alterações podem se dar desde um escurecimento, descamação e ressecamento da pele. Geralmente acompanhadas de piora dos sintomas como dor, queimação e inchaço. Podendo ocorrer a abertura de feridas nas pernas que podem demorar anos para cicatrizar.

Por outro lado temos os pequenos vasos dérmicos chamados telangectasias (ou simplesmente vasinhos). Eles têm um apelo principalmente estético. Mas com o passar do tempo podem gerar alguns sintomas como dor e desconforto local.

Possíveis complicações das varizes:

Caso suas varizes estejam passando pra algum dos estágios abaixo, marque um consulta com o angiologista e conheça os tratamentos.

  • Ulcerações
  • Coágulos que podem levar a uma trombose venosa profunda e eventualmente embolia pulmonar e morte
  • Sangramentos
  • Pele seca, esticada, inchada e com coceira
  • Pele fina frágil, que se machuca facilmente
  • Mudanças na cor da pele ao redor dos tornozelos e pernas
  • Infecções fúngicas e bacterianas, que podem surgir a partir de problemas de pele decorrentes do acúmulo de líquidos (edema) na perna
  • Aumento do risco de infecção dos tecidos (celulite).
QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE
Traçar rota