Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

Varizes pélvicas: sintomas, diagnóstico e tratamento

Data: 3 de abril de 2019 | Autor: Dr Charles Esteves

Assim como as varizes localizadas em outras partes do nosso corpo, as varizes pélvicas também dificultam o retorno do fluxo sanguíneo para o coração. Elas podem provocar desconforto abdominal, principalmente durante o período menstrual e acarretar o aumento do fluxo menstrual, cólicas mais fortes e desconfortos durante e após as relações sexuais.

Nos homens elas geralmente aparecem nos testículos, e são chamadas de varicocele. As varizes pélvicas não têm cura, mas seus sintomas podem ser controlados com medicamentos via oral e caso necessário com procedimentos cirúrgicos.

Sintomas das varizes pélvicas 

As varizes pélvicas são de difícil diagnóstico, pois não apresentam sintomas muito claros. Mas, é importante ficar atenta caso apresente:

  • Dores tanto na região pélvica quanto do abdômen inferior com antecedência de 10 a 15 dias da menstruação;
  • Incontinência urinária;
  • Inchaços;
  • Fortes dores e sangramento intenso durante o período menstrual;
  • Dores constantes durante e após as relações sexuais;
  • Sensação de peso na região abdominal;
  • Distúrbios hormonais e de fertilidade.

As varizes pélvicas também podem surgir devido a fatores genéticos, e geralmente são comuns após uma gestação. Porém, o risco pode variar de mulher para mulher, pois algumas podem apresentar veias mais frágeis e menos elásticas.

Diagnóstico

Caso a paciente sinta algum dos sintomas citados, é importante que ela procure um médico ginecologista para realizar exames de imagem e diagnosticar o problema. Há dois exames que podem auxiliar o médico no diagnóstico, são eles: o eco-doppler abdominal ou transvaginal e a ressonância magnética ou angiografia por tomografia computadorizada.

Tratamento

Caso o diagnóstico seja positivo, o tratamento para as varizes pélvicas pode ser realizado com o uso de remédios orais que provocam a diminuição da dilatação das veias. Mas, se a paciente não apresentar melhoras e os sintomas persistirem há a possibilidade de realizar um procedimento cirúrgico chamado de embolização das veias.

O procedimento é pouco invasivo, feito com anestesia local e a sedação do paciente dura de 1 a 3 horas. Não é necessário internação e normalmente após o tratamento o paciente apresenta consideráveis melhoras.  

QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE
Traçar rota