fbpx
Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

O que é a escleroterapia?

Data: 9 de outubro de 2019 | Autor: Dr Charles Esteves

Escleroterapia é uma técnica não cirúrgica indicada para o tratamento de varizes. É também conhecida como aplicação para varizes, pois na maioria das vezes o procedimento é feito a partir de uma injeção aplicada diretamente na variz que deve ser eliminada. 

Existem três tipos principais de escleroterapia e as suas aplicações podem ser em formato líquido, espuma ou laser. Confira mais detalhes sobre cada uma delas:

Escleroterapia com líquido

Escleroterapia com líquido: a técnica é conhecida por ser aplicada via injeção de glicose diretamente na veia, fazendo com que desapareçam os vasinhos e as pequenas varizes. O líquido é aplicado diretamente na região afetada, e o resultado pode ser visto em algumas semanas.

Escleroterapia a laser

Escleroterapia a laser: é uma das técnicas mais utilizadas para diminuir ou eliminar aqueles vasinhos localizados no rosto principalmente no nariz e bochechas, no tronco e nas pernas. O tratamento com laser é um pouco mais caro em relação aos outros procedimentos, mas dependendo da região a ser tratada os resultados podem ser percebidos já nas primeiras sessões.

Escleroterapia com espuma

Escleroterapia com espuma: essa é a técnica mais utilizada para o tratamento das varizes mais grossas. Com a ajuda de um aparelho de ultrassom a veia a ser tratada é localizada e em seguida é feita a aplicação do medicamento em forma de espuma.

Esses tratamentos abrangem todos os tipos de varizes, desde aqueles vasinhos mais fininhos, avermelhados, passando pelas veias azuis, até aquelas varizes mais grossas que podem causar a doença varicosa. Em algumas circunstâncias pode ser necessário a associação de mais de um método para que o paciente obtenha um resultado mais rápido e eficaz.  

É importante ressaltar que a realização de qualquer um destes procedimentos devem ser indicados por um médico angiologista ou cirurgião vascular. Pois, apenas esses especialistas são capacitados para realizar uma avaliação médica e analisar quais são os riscos e benefícios de cada tratamento de acordo com a necessidade do paciente.

QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE

Traçar rota
Fale Conosco Agora!