fbpx
Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

O que são úlceras varicosas e o que fazer quando elas aparecem?

Data: 31 de janeiro de 2019 | Autor: Dr Charles Esteves

As úlceras varicosas são feridas de difícil cicatrização provocadas por má circulação sanguínea. Essas feridas aparecem nos membros inferiores, e 80% delas nas pernas e pés. Elas possuem um formato irregular e podem demorar semanas ou anos para cicatrizar.

Com o aumento da pressão venosa o sangue tende a ficar estagnado em uma determinada região do nosso corpo. Com a pele fragilizada qualquer trauma, mesmo que pequeno, pode acarretar uma lesão e evoluir, provocando assim as úlceras varicosas.

Elas são muito comuns em pessoas que já possuem varizes há anos e não procuraram um tratamento adequado. Geralmente as úlceras varicosas possuem um fundo avermelhado, não provocam muita dor, e aparecem acompanhadas de uma mancha bem escura na pele.

As úlceras varicosas aparecem principalmente em pessoas sedentárias, obesas, fumantes e que passam longos períodos em pé ou sentadas. As feridas surgem nas pernas e pés e possuem uma difícil cicatrização, por isso a importância de saber como identificá-las e buscar tratamento adequado para que elas não aumentem de tamanho e consequentemente gerem alguma infecção.

Como é o tratamento?

Assim que você identificar o aparecimento das úlceras varicosas procure um médico angiologista ou cirurgião vascular. O diagnóstico na maioria das vezes é clínico, realizado a partir de exames e ultrassonografia. Portanto somente um profissional capacitado poderá te ajudar.

O tratamento consiste em uma série de cuidados. Em alguns casos será necessário a realização de cirurgia para retirada ou fechamento das veias com espuma, laser ou radiofrequência. A reabilitação do paciente deverá ser com exercícios físicos com objetivo de fortalecer a musculatura da perna e melhorar a circulação sanguínea.

É necessário a realização de curativos especiais para acelerar o processo de cura e prevenir futuras feridas e também o acompanhamento pós cicatrização. O foco não deve estar apenas na cicatrização, mas também na prevenção contínua.

Quer saber mais sobre esse assunto? Deixe as suas dúvidas nos comentários!

QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE

Traçar rota
Fale Conosco Agora!