fbpx
Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

Trombose tem cura?

Data: 20 de maio de 2020 | Autor: Dr Charles Esteves

A trombose é caracterizada pela formação de coágulos de sangue no interior de veias e artérias. Esses coágulos impedem a circulação sanguínea, causando dor e inchaço na região atingida. 

Geralmente a trombose ocorre após uma cirurgia, um corte ou a falta de movimento dos membros do corpo por muito tempo. Ela é mais frequente após procedimentos cirúrgicos ortopédicos, oncológicos e ginecológicos. 

 

É um problema que afeta principalmente as mulheres, mas os homens também podem ter trombose, que pode ser classificada como superficial ou profunda, e em qualquer um dos casos o tratamento deve ser iniciado imediatamente.  Pois, o coágulo de sangue pode se desprender e se movimentar na corrente sanguínea causando um processo chamado embolia. A embolia pode ficar presa no cérebro, nos pulmões, no coração ou em outras áreas do corpo levando a graves lesões. 

 

A trombose tem cura e o tratamento possui um objetivo principal: impedir o crescimento e o deslocamento dos coágulos. O tratamento é orientado por um cirurgião vascular ou um médico cardiologista. E, em casos mais graves é recomendado intervenção cirúrgica. 

Após iniciar o tratamento o paciente já sente sinais de melhora, diminuindo a vermelhidão e a dor na região atingida. Caso ocorra inchaço na região da perna ela pode demorar algumas semanas para reduzir. 

Em casos de piora, ou seja, em que há o deslocamento do coágulo o paciente pode sentir dificuldade súbita para respirar, dor no peito, tonturas, desmaio ou tosse com sangue. Nesse caso é necessário procurar imediatamente ajuda médica. 

 

A trombose possui várias causas e fatores de risco, porém a maior parte são evitáveis. Dentre as principais causas estão: uso de anticoncepcionais ou tratamento hormonal; tabagismo; obesidade; hereditariedade; presença de varizes; insuficiência cardíaca; gravidez, dentre outros. 

 

A prevenção da trombose pode ser realizada com uma alimentação saudável, boa hidratação e a prática regular de exercícios físicos. Cuidar da saúde vascular também é essencial para reduzir e afastar a trombose. Faça check ups periódicos. Agende a sua consulta!

QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE

Traçar rota
Fale Conosco Agora!