fbpx
Entre em contato conosco através do WhatsApp

Nasa Business Style - Avenida 136, número 761, Sala B45, 4 andar / Setor Sul / Goiânia - GO / CEP: 74093-250

Entre em contato (62) 3998 1100
SAIBA MAIS !

Recebe Informações Exclusivas

Informe seus Dados para esclaremos todas as suas dúvidas!

Varizes na gravidez: mantenha sua saúde vascular nesse período

Data: 8 de maio de 2020 | Autor: Dr Charles Esteves
riscos das varizes na gravidez

As varizes são veias dilatadas que surgem nas pernas e podem causar dores, incômodos, inchaços e complicações mais sérias como uma trombose, hemorragia e úlcera. Além das características típicas da gestação, nos últimos três meses de gravidez as mulheres tendem a apresentar algumas varizes nas pernas.

 

A principal preocupação da gestante deve ser com o sobrepeso. Quanto mais peso ela ganhar, mais irá sofrer com a sobrecarga e o inchaço nas pernas. Por isso é necessário manter uma rotina de alimentação saudável e exercícios físicos.

 

As grávidas apresentam mais varizes, pois além das alterações hormonais, há um aumento de sangue circulando pelo corpo, aumento da produção de estrogênio e progesterona, e um considerável aumento de peso fazendo com que as veias das pernas se dilatem gerando novas varizes ou aumentando aquelas que já existem.

 

O surgimento das varizes está diretamente ligado ao histórico familiar. Não existe remédio ou dieta específica que ajude na prevenção. Mas, com alguns cuidados é possível diminuir o desconforto que elas causam.

 

Evitar o ganho de peso em excesso, ingerir menos sal, fazer exercícios físicos e usar as meias de compressão podem ajudar na prevenção de varizes. A drenagem linfática também pode auxiliar na redução dos inchaços e melhorar o fluxo sanguíneo.

 

É importante destacar que você não deve comprar meias de compressão por conta própria. Consulte o seu médico vascular para verificar o modelo, tamanho e compressão mais indicado para o seu caso. Pois, se utilizadas da forma incorreta elas podem ser prejudiciais.

 

Os tratamentos como cirurgias e aplicações para varizes não podem ser feitos durante a gravidez. Mas, a boa notícia é que as varizes que são desenvolvidas nesse período tendem a diminuir em quantidade e até desaparecer de três meses há um ano após o nascimento do bebê.

 

É fortemente recomendado tratar as varizes antes de engravidar para se evitar todo o desconforto desta doença. Se você pensa em engravidar em breve, fique atenta para procurar seu médico vascular pelo menos seis meses antes para cuidar da sua circulação com toda a tranquilidade.

 

Se você já está grávida, fique ligada aos primeiros sinais e sintomas de varizes e faça acompanhamento com seu vascular junto com seu ginecologista/obstetra. Marque sua consulta.

QUER FICAR SEMPRE INFORMADO ?
CADASTRE-SE

Traçar rota
Fale Conosco Agora!